Aos 10 anos, eu já era campeão de Counter-Strike na minha cidade. Aos 12 anos, participei de um campeonato de FIFA, ficando entre os 3 primeiros. Já aos 14 anos, me tornei uma das principais referências em Assassin’s Creed entre amigos e colegas.

Parecia a infância perfeita! Ainda tinha tempo para assistir a seriados (amo Doctor Who!) e filmes.

Porém, pouco saía de casa… O máximo que conseguia fazer era ir à Comic-Con e eventos de Youtubers. A verdade é que sempre tive vergonha: gordinho, feio e pobre… Ninguém dava a mínima para mim.

Além do mais, não conseguia conversar com ninguém… Só eu jogava esses games e assistia esses programas idiotas. Sei lá, parecia que eu era mega desinteressante, saca?

E quando chegou a idade de sair com as garotas, eu via meus amigos felizes, pegando todas, enquanto eu chupava o dedo. Uma vez tentaram agitar uma mina para mim, e eu travei completamente, comecei a suar… Virei motivo de piada! Kkkk

Pouco tempo depois, minha irmã começou a namorar e percebi que meus pais olhavam pra mim como se pensassem: “Filho, você precisa largar mão desses jogos e séries estúpidos”.

Mas aí eu entrei na faculdade… De fato, passei a conversar com mais garotas, mas só para trabalho de escola. Estava difícil até de fazer amizade com os caras, porque eles iam muito para baladas e eu tinha a autoestima lá no chão.

Um saco! Tentei psicólogo, sites de relacionamento e até já paguei para aqueles Disques… Confesso que esse último foi até divertido! 😛

Porém, as coisas mudaram quando conheci o Danilo. Esse maluco bebia cerveja igual se bebe água, ia para todas as festas e era descolado… E o pior: era gordinho, feio e pobre igual eu. Fiquei surpreso!

Juro para você… Eu não entendia como ele conseguia ser assim. Cheguei até a perder apostas nas baladas, porque botava R$ 5 ou R$ 10 que ele não ia chegar na gata… E ele, além de chegar junto, ficava com ela!

Todos o chamavam de “gordinho gostoso”, porque parecia que o maluco tinha mel.

Então, eu passei a estuda-lo da mesma forma a qual estudava os oponentes no Counter-Strike: o que ele fazia, como ele falava, quais eram seus movimentos. Eu percebi padrões ali!

Com o passar dos dias, me dediquei a entender mais sobre persuasão e sedução. Por que homens feios conseguem mulheres maravilhosas? Por que muitos pobres conseguem a atenção das patricinhas?

Por que algumas pessoas conseguem, com poucas palavras, fisgar a garota? Você já se fez alguma dessas perguntas algum dia?

Eu passei a questionar e entendi uma série de truques mentais, gatilhos utilizados, para se tornar um conquistador nato (mesmo sendo tímido, feio e pobre).

Tive que testar, né? Cheguei em uma garota muito linda que fazia trabalhos comigo. Cara, comecei a suar só de olhar pra ela…

Mas me lembrei do Danilo, e decidi ir até o fim. Apliquei uma simples técnica, porém muito poderosa, para fazer com que ela prestasse a atenção em mim e quisesse me conhecer melhor.

Com o que aprendi em livros e na observação do Danilo eu abordei 2 garotas na faculdade…

Eu quase não pude acreditar que uma técnica tão simples pudesse ser tão eficaz. Eu queria até chorar de emoção…

Deixa seu e-mail abaixo para saber qual foi a abordagem que me fez desbloquear a timidez  e ter sucesso com garotas:

privacy Também odiamos spam

Obs: Cuidado! Essa técnica é muito poderosa e deve ser usada com cautela.

 


O que achou do post? Comente abaixo:

Recomendados Para Você: